Entrevista André Jordan – “A vida que eu vivo é um luxo”

Responsável por alguns dos mais famosos projetos imobiliários do país – Quinta do Lago, Vilamoura XXI ou Belas Clube de Campo – e pela criação de alguns dos melhores campos de golfe do mundo, chamam-lhe o pai do turismo português. Chegou a Portugal em 1971, com muitas ideias e pouco dinheiro. Quatro décadas e meia depois, aos 83 anos, André Jordan, «construtor de cenários», continua a apostar no turismo de alta competição. Em Portugal.