ADENE – Agência para a Energia lança AQUA +

AQUA +, um sistema simples, ágil e voluntário para classificar o uso eficiente da água nos edifícios

“Água na medida certa” é o mote do AQUA+, o novo índice de classificação da eficiência hídrica nos edifícios. Desenvolvido pela ADENE num processo de construção colaborativa com diversas entidades institucionais e parceiros do sistema científico e tecnológico nacional, a classificação AQUA+ foi lançada no dia 5 de dezembro, no âmbito da 2ª Grande Conferência Água & Energia.

Portugal é o segundo país da União Europeia com maior consumo de água por habitante, prevendo-se que tenha fortes impactos das alterações climáticas sobre a disponibilidade dos recursos hídricos. É fundamental dotar os cidadãos de informação sobre a eficiência hídrica das suas casas, nomeadamente através de instrumentos que os ajudem e orientem a melhorar o desempenho hídrico das mesmas.

É neste contexto que surge o AQUA+ (www.aquamais.pt), um instrumento que, de forma simples, ágil e voluntária, permite classificar o uso eficiente da água nos edifícios, com a identificação de medidas de melhoria que levem a uma melhor utilização deste recurso. Esta ferramenta procura alterar o paradigma do uso da água em edifícios residenciais, tendo por base a avaliação do desempenho das infraestruturas e dispositivos que usam a água num edifício e não a componente comportamental, estejam estes em fase de projeto, reabilitação ou em uso. o AQUA+ estender-se-á, em breve, também a outras tipologias de imóveis nas áreas do turismo, comércio e serviços.

O AQUA+ utiliza uma metodologia inovadora a nível mundial e pioneira na Europa que permite determinar e comunicar o desempenho hídrico de imóveis, numa escala de A+ (mais eficiente) a F (menos eficiente). A metodologia identifica oportunidades de melhoria e poupança com base nas infraestruturas e equipamentos que influenciam o consumo de água em casa, tais como sistemas de produção e distribuição de água quente, eletrodomésticos, dispositivos e produtos de uso de água, usos exteriores de água e fontes e redes de água. A classificação AQUA+ conduz à realização de investimentos económica e ambientalmente mais racionais, valorizando e distinguindo os imóveis mais eficientes e assegurando um uso mais eficiente da água.

O AQUA+ recorre a auditores qualificados formados e reconhecidos pela ADENE. Os primeiros cursos de formação para Auditores de Auditores e Projetistas AQUA+ realizaram-se em janeiro e esgotaram, mas a Academia ADENE tem novas inscrições abertas para as próximas sessões (5 de março em Lisboa e 12 de março no Porto). Apenas os profissionais que concluam este curso poderão qualificar-se como Auditores AQUA+ ou Projetistas AQUA+, e assim atuar no âmbito deste instrumento.

A 2.ª Grande Conferência Água & Energia  foi marcada pela atribuição do primeiro número do índice AQUA+, resultado da aplicação pioneira do índice aos edifícios do Belas Clube de Campo geridos pela Planbelas – Sociedade Imobiliária.

Reconhecido e amplamente premiado pelas suas boas práticas ambientais, o Belas Clube de Campo passa assim a materializar as primeiras emissões deste índice, aplicado a todas as tipologias dos novos edifícios do Lisbon Green Valley – apartamentos e townhouses. Todas alcançaram a classe hídrica A. A distinção foi entregue por Manuel Bóia, administrador da ADENE, a Gilberto Jordan, CEO do Grupo André Jordan, que partilhou com os participantes da conferência as melhores práticas em eficiência energética e hídrica aplicadas pela Planbelas e a sua importância para a empresa.

Todo o desenvolvimento e afirmação deste instrumento decorre de um processo participado de desenho de novas abordagens de eficiência hídrica com o envolvimento dos stakeholders e utilizadores de água, o H2Design.

Consulte o artigo completo aqui.

Partilhar

Share on facebook
Share on linkedin