Da autoria do arquiteto Eduardo Capinha Lopes, este projeto foi reconhecido pelo terceiro ano consecutivo pelas características da arquitetura, construção, materiais e várias soluções implementadas, consideradas decisivas para maiores ganhos energéticos. Estas serão as primeiras casas em Portugal com necessidades “near zero” de energia.

Gilberto Jordan, CEO do André Jordan Group, que se congratula com a distinção, comenta que «as várias distinções que temos vindo a merecer e este prémio em especial, confirmam o pioneirismo e a diferenciação do Belas Clube de Campo ao nível da sustentabilidade. Somos o empreendimento mais sustentável de Portugal e queremos estar entre os mais sustentáveis do mundo. É para isso que trabalhamos diariamente e é com esse foco que projetamos os novos edifícios e espaços do empreendimento», diz o responsável.

Consulte o artigo completo aqui.