Em comunicado, o André Jordan Group adiantou que esta parceria, com “uma das maiores gestoras de investimentos alternativos a nível mundial” tem previsto “um investimento superior a 500 milhões de euros” e “enquadra-se na estratégia de crescimento do empreendimento, que tem em curso uma nova fase composta por apartamentos, ‘townhouses’ e lotes para construção de moradias, num total de 1.400 unidades”.

Na mesma nota, o presidente executivo do grupo, Gilberto Jordan, referiu que “o investimento da Oaktree vai permitir dar resposta à crescente procura colocando no mercado cerca de 100 unidades por ano, e tornar o empreendimento num dos locais de maior qualidade para viver numa capital europeia”.

Para o gestor, “a Oaktree tem uma abordagem de longo prazo nos negócios onde investe, focando-nos sempre em projetos sólidos e sustentáveis — a aposta no Belas Clube de Campo é um reconhecimento do trabalho desenvolvido nas últimas duas décadas”, lê-se na mesma nota.

Consulte o artigo completo aqui.