Lisbon Green Valley volta a vencer no SIL

Depois de, em 2017, a mesma distinção ter sido atribuída às Townhouses do empreendimento, o SIL – Salão Imobiliário de Portugal distinguiu agora o edifício de 16 apartamentos, com tipologias T1 a T3, da autoria do arquitecto Eduardo Capinha Lopes e construção a cargo da construtora Casais, pelas suas características inovadoras e sofisticadas.

A atribuição deste Prémio ao Lisbon Green Valley resultou de uma decisão unânime da Fundação AIP e do Conselho Estratégico do SIL e, segundo o grupo de trabalho que atribui os prémios nas diversas categorias, este galardão foi atribuído “face ao seu contributo para o desenvolvimento do sector imobiliário”.

Gilberto Jordan, CEO do André Jordan Group, não esconde a satisfação pela distinção e salienta que “a preocupação ambiental é intrínseca à atividade do André Jordan Group e tem estado presente em todos os projectos que desenvolvemos desde a Quinta do Lago, Vilamoura XXI, Belas Clube de Campo e agora, mais recentemente no Lisbon Green

Valley. Queremos estar constantemente a inovar e a procurar novas soluções que tragam benefícios aos futuros moradores. É a pensar neles, no conforto e bem-estar das famílias que dedicamos diariamente o nosso esforço em fazer mais e melhor! São projetos de longo prazo e queremos que as famílias fiquem connosco por muitos anos”.

Consulte o artigo completo aqui.

Partilhar

Share on facebook
Share on linkedin