Vencedores dos prémios do Salão Imobiliário mostram como a construção em Portugal está a mudar

É um sinal dos tempos. A arquitetura, a sustentabilidade e a eficiência energética estão a ganhar cada vez mais peso nos empreendimentos que são construídos e nas decisões dos promotores. “A nossa construção civil melhorou muito em 20 anos. Nessa altura, a arquitetura era algo menor e nos últimos anos os promotores e construtores perceberam que, tendo uma melhor arquitetura podem vender por mais”, diz ao Expresso o urbanista Leonel Fadigas. E isso é também válido para a eficiência energética. “As nossas casas não estão preparadas para as alterações climáticas. Já não temos um clima temperado e vamos ter cada vez mais períodos de muito calor e de muito frio e isso tem impacto na arquitetura e no custo da obra que é depois passado para o cliente. Uma casa melhor do ponto de vista térmico também se vende mais depressa porque quem compra vai ter menos gastos com energia e é isso que eles agora procuram”, acrescenta.

Consequentemente, a arquitetura, a sustentabilidade e a eficiência energética são cada vez mais importantes quando se trata de escolher os melhores projetos que se fazem em Portugal, e isso foi notório nos vencedores dos prémios do Salão Imobiliário deste ano, que foram entregues na semana passada (ver caixa de pontos).

Por exemplo, no Ouro Grand, o empreendimento da Level Constellation na Rua do Ouro, na Baixa de Lisboa, que venceu o prémio de melhor reabilitação para habitação, “está muito bem trabalhado no sentido do respeito pela traça antiga, ou seja, é tudo novo e contemporâneo mas tem o espírito antigo. Quase nos esquecemos que foi feitoagora e isso é muito importante, principalmente numa reabilitação”, diz Leonel Fadigas, que foi um dos elementos do júri. De facto, de acordo com a proposta do ateliê de Catarina e Rita Almada Negreiros, autor do projeto, o Ouro Grand “reflete uma abordagem contemporânea na distribuição espacial, que procura conservar a memória de algumas vivências da época original dos edifícios pombalinos, quer através dos pés-direitos e grandes vãos das fachadas, bem como das circulações internas”.

A arquitetura marcante foi também um dos critérios para premiar a sede da sociedade de advogados Vieira de Almeida, que nasceu da reabilitação de um antigo armazém ao pé de Santa Apolónia. Aliás, este investimento da Fidelidade, com desenho do Openbook Architecture, também ganhou, em maio, o prémio nacional de reabilitação urbana na categoria de escritórios. Nem todos os vencedores do prémio SIL têm uma arquitetura marcante, diz Leonel Fadigas. Muitos foram escolhidos pela qualidade do desenho e por irem ao encontro do que as pessoas procuram numa casa. O Praia do Sal, um investimento da Libertas em Alcochete, nomeado melhor empreendimento de habitação, “é um projeto que respira e um conjunto muito bem conseguido”.
E o mesmo se passa com o Lisbon Green Valley, no Belas Clube de Campo, que ganhou o prémio de construção sustentável e eficiência energética. “Não é uma peça de museu, mas tem muita qualidade. O André Jordan foi dos primeiros promotores a preocuparem-se com a sustentabilidade e isso sempre se refletiu no Belas Clube de Campo”, acrescentou. De facto, no edifício de apartamentos do Lisbon Green Valley, desenhado pelo ateliê Capinha Lopes, “há eletrodomésticos eficientes, painéis solares para produção de águas quentes sanitárias, depósitos para recolha de águas pluviais e redutores de caudal”, diz a empresa em comunicado.

OS VENCEDORES

Construção Sustentável
Lisbon Green Valley,
Belas Clube de Campo

Melhor Empreendimento – Comércio
Mar Shopping Algarve, Ikea

Escritórios
Embaixada do Egito

Habitação
Praia do Sal

Turismo
WineBarrels — Quinta da Pacheca

Melhor Reabilitação Urbana — Habitação
Ouro Grand

Turismo
Torre de Palma Wine Hotel

Espaços Públicos
Campo das Cebolas,
Câmara de Lisboa e EMEL

Escritórios
Sede da Vieira de Almeida
Advogados

Comércio e Serviços
Hospital da Luz Vila Real

Ana Baptista
economia@expresso.impresa.pt

Consulte o artigo completo aqui.

Partilhar

Share on facebook
Share on linkedin