André Jordan promove projetos no estrangeiro e revela novos investimentos – uma unidade de saúde, um hotel e um centro hípico.

“O brasileiro encantou-se com o Belas Clube de Campo e representa a principal nacionalidade de vendas no Lisbon Green Valley”, revelou esta quarta-feira, em comunicado, o grupo André Jordan. Até à data, a grande maioria (73%) das 366 novas casas do Belas Clube de Campo, designadas de Lisbon Green Valley, foi vendida a estrangeiros. O Brasil lidera as vendas (45%), seguido da Bélgica (9%), Grã-Bretanha (5%) França (5%) e outros mercados internacionais (9%).

Para o empresário luso-brasileiro e CEO do André Jordan, Gilberto Jordan, a crescente procura internacional deve-se aos “incentivos oferecidos pelo Governo português, à segurança, passando pelo conjunto de infraestruturas com serviços eficientes e um sistema público de saúde e educação de primeiro nível”.

Nesse sentido, a empresa vai percorrer, até ao final de outubro, as principais feiras e eventos do setor imobiliário, a nível nacional e internacional, para apresentar os novos projetos – uma unidade de saúde, um hotel e um centro hípico. O Brasil é mercado de aposta: Brasília (23 a 25 de setembro), Belo Horizonte (26 a 30 de setembro), Campinas (1 e 2 de outubro), São Paulo (3 e 7 de outubro) e Rio de Janeiro (8 a 9 de outubro).

Ler artigo completo aqui.

Partilhar

Share on facebook
Share on linkedin